top of page

Corredor ou atleta de alto impacto? Previna a artrite e a artrose! ✅

A artrite e a artrose são condições que afetam as articulações, mas muitas vezes são confundidas devido a algumas semelhanças em seus sintomas, essas doenças têm causas, características e tratamentos distintos. Ter um acompanhamento nutricional é fundamental no manejo e na prevenção dessas condições, especialmente para aqueles que praticam atividades físicas intensas, como corredores e atletas.

A artrite é uma condição que envolve a inflamação das articulações, podendo afetar qualquer idade. É um termo genérico que engloba várias doenças diferentes, como a artrite reumatoide, a artrite psoriática e a osteoartrite, entre outras. O principal sintoma da artrite é a dor nas articulações, que geralmente é acompanhada de inchaço, vermelhidão e limitação dos movimentos. As causas da artrite podem variar de acordo com o tipo, mas geralmente estão relacionadas a fatores autoimunes, infecções ou predisposição genética. A artrite reumatoide, por exemplo, é uma doença autoimune em que o sistema imunológico ataca as próprias articulações do corpo. Já a osteoartrite é causada pelo desgaste progressivo da cartilagem articular, muitas vezes relacionado ao envelhecimento e ao uso excessivo das articulações.

A artrose, por outro lado, é uma condição que se desenvolve devido ao desgaste gradual da cartilagem nas articulações. Ela é mais comum em pessoas mais velhas, mas também pode afetar indivíduos mais jovens, especialmente aqueles que praticam esportes de impacto. A principal característica da artrose é a degeneração da cartilagem, que leva a uma fricção dolorosa entre os ossos e, consequentemente, à inflamação. Ao contrário da artrite, a artrose não é uma doença autoimune, e suas causas estão mais relacionadas ao envelhecimento, traumatismos articulares, obesidade e uso excessivo das articulações.


Para corredores e praticantes de esportes, que frequentemente submetem suas articulações a um estresse intenso, a atenção à dieta é ainda mais crucial.

Ômega-3


O ômega-3, têm propriedades anti-inflamatórias que podem ajudar a reduzir a inflamação nas articulações. A incorporação de alimentos ricos em ômega-3 na dieta pode ser especialmente útil para aqueles com artrite reumatoide.

Antioxidantes:


Frutas e vegetais são fontes ricas de antioxidantes, como as vitaminas C e E, que podem ajudar a proteger as articulações contra o estresse oxidativo. Consumir uma variedade de alimentos frescos e coloridos pode ser uma estratégia eficaz para minimizar os danos nas articulações.

Colágeno:


O colágeno é uma proteína essencial para a saúde das articulações, pois ajuda a manter a cartilagem e os tecidos conectivos. A suplementação de colágeno pode ser benéfica para corredores e atletas, contribuindo para a regeneração e a manutenção das articulações.

Vitamina D e Cálcio:


A vitamina D desempenha um papel crucial na absorção de cálcio, que é essencial para a saúde dos ossos e articulações. Corredores que passam muito tempo ao ar livre podem obter vitamina D através da exposição ao sol, enquanto a suplementação pode ser necessária para outros indivíduos. Além disso, garantir uma ingestão adequada de cálcio através da dieta é importante para fortalecer os ossos.

Controle de Peso:


Manter um peso adequado é fundamental para reduzir a pressão sobre as articulações. Para corredores e atletas, isso significa equilibrar a quantidade de calorias consumidas com a quantidade de calorias queimadas durante o treinamento.

Evitar Alimentos Inflamatórios:


Alimentos ricos em gorduras saturadas e alimentos processados como doces, óleos hidrogenados, manteiga, gordura animal, gorduras saturadas e alimentos processados pode ajudar a aumentar a inflamação no corpo.

Hidratação:


Beber água é fundamental para a saúde das articulações, a hidratação ajuda a manter a cartilagem elástica e funcional. Certifique-se de beber água suficiente durante e após os treinos.

Artrite e artrose são condições distintas, com causas e características diferentes, mas ambas podem ser afetadas positivamente pela dieta adequada. Corredores e praticantes de esportes de alto impacto devem prestar atenção especial para que a dieta esteja em dia, incorporando alimentos ricos em ômega-3, antioxidantes, colágeno, vitamina D, cálcio e mantendo o peso adequado. Além disso, evitar alimentos inflamatórios e manter-se bem hidratado são passos importantes para a saúde das articulações.

Observe se a sua dieta está ajustada para o seu esporte, é fundamental que tudo esteja ajustado para aguentar a atividade exercida e prevenir as doenças que podem acomodar atletas de alto desempenho.

#Curtiu? Compartilhe!

Me siga no Instagram: @clinicajulioaquino


Posts recentes

Ver tudo
bottom of page